Não tenho empregada, mas tenho diarista. O que fazer no caso de fiscalização do MTE?

John Drinane Admissão

Mesmo considerando que toda a conduta é referente à contratação é de uma diarista e não de uma mensalista, como por exemplo, não ter controle de horário, mas sim, de tarefas, e toda a diária ser paga no mesmo dia da prestação do serviço e uma frequência semanal máxima de 2 vezes, o contratante da diarista deve comparecer ao Ministério do Trabalho quando convocado apenas para esclarecimento dos fatos.


Experimente a Lalabee agora: