Devo assinar a carteira de trabalho da minha empregada no período de experiência?

John Drinane Admissão

Sim, o empregador doméstico deverá assinar a carteira de trabalho da doméstica mesmo no período de experiência. Mas não há necessidade de um contrato exclusivo para o período de experiência,embora recomendado. Ele apenas não poderá exceder ao prazo total de 90 dias e deverá ser anotado, desde o início da relação, na Carteira de Trabalho e Previdência Social – CTPS, na página de Anotações Gerais.

Aviso prévio no período de experiência da doméstica

Todas as obrigações trabalhistas consideram o período de experiência como base para cálculo, como férias e 13o salário. O único diferencial é que não há a necessidade de aviso prévio de ambas as partes caso não seja prosseguido o relacionamento. Por isso, a data de admissão do empregado doméstico a ser anotada corresponde à data do primeiro dia de trabalho, mesmo em contrato de experiência.

Na Lalabee você tem o exemplo de como fazer o registro em carteira deste período de experiência e o gerenciamento completo da empregada, com cálculo de horas extras, folha de ponto eletrônica e recibos gerados automaticamente.


Experimente estas facilidades agora: